Atendimento Online

 

Diante do novo cenário que vivemos, ampliei as possibilidades de atendimento. Agora atendo de forma online, devidamente regulamentada pelo Conselho Federal de Psicologia. Estou com a agenda aberta para interessados de outras cidades e até mesmo do exterior que falem a língua portuguesa.

Para mais informações: 62 98238 4461 (whatsapp)  ou CLIQUE AQUI PARA FALAR COMIGO


Leia mais

O poder do autoconhecimento



 O autoconhecimento é um dos frutos da psicoterapia.
 ✨É um processo de descoberta de si, da sua forma de funcionamento, crenças e valores. Como brilhantemente diz Skinner: “O autoconhecimento tem um valor especial para o próprio indivíduo. Uma pessoa que se ‘tornou consciente de si mesma’, por meio de perguntas que lhe foram feitas, está em melhor posição de prever e controlar seu próprio comportamento.”

Leia mais

Eu não consigo sair do lugar


Você já sentiu que "empacou" em alguma questão da sua vida? Parece que você corre de um lado, corre de outro e no fim das contas já se passaram muitos anos e você continua ali com a mesma questão?

Essa é uma queixa muito comum, e hoje quero aqui te dar algumas possibilidade de reflexão para sair dessa:

  • Você já tentou de tudo mesmo? 
 Um fator particular sobre a vida humana é a de que o ser humano tende a repetição. Tendemos a buscar as mesmas conexões, os mesmo caminhos e é conhecendo-os que podemos mapear e sugerir mudanças. As nossas estratégias passam para o automático e sempre que precisamos, elas são recrutadas. Diante disso, você já deve ter entendido que se conhecer nesse processo é fundamental. 

Logo, pense:

Sempre que X eu me comporto de maneira Y, Z. 

Comprometa-se a primeiro entender como você funciona e logo em seguida sugerir ações que te ajudaram nessa tarefa de mudar de comportamento, sair do seu ponto de estagnação.  Faça uma lista de possíveis saídas, inclusive as que você já tentou. 

  • Imagine-se como um ser superior e sábio. Peça um conselho desse ser... Isso pode te dar uma luz. 
Essa é uma das minhas técnicas favoritas. Quando recrutamos estratégias em nós mesmos, só que como estivéssemos assistindo de fora. 
  • Quais são as tarefas que você traçou para mudar de estado? Você tem executado elas DIARIAMENTE? 
Diante da lista que você acabou de fazer, pensando primeiro como você mesmo, depois com o ser superior... coloque tarefas a serem executadas diariamente. Reserve um tempo na sua agenda para que elas aconteçam. Quando você tem esse compromisso, fica muito mais difícil você deixar pra depois e consequentemente a mudança vem mais rápido. 

Espero que essas dicas lhe sejam úteis. Deixe seu comentário abaixo. 
Um grande abraço.
Leia mais

7 coisas para fazer nos dias de quarentena


O mundo vive momentos difíceis. Saúde em colapso, economia instável e a incerteza de quais proporções essa pandemia irá tomar nos próximos dias. Se ligarmos a TV nos noticiários, certamente é apenas esse clima que absorveremos e estaremos inflados de uma sensação de caos absoluto.

Quero compartilhar com você algumas estratégias importantes para esses dias em quarentena e te dizer que o seu maior ativo para esse momento é a sua SAÚDE EMOCIONAL.

Cuidando da sua saúde emocional você terá mais clareza e recursos para tomar decisões assertivas, ser amparo para os demais que estão em casa com você e não levar picos de stress afetando seu corpo.
Quando a circunstância é boa, devemos desfrutá-la; quando não é favorável devemos transformá-la e quando não pode ser transformada, devemos transformar a nós mesmos.
Viktor Frankl

  1. Consuma apenas informação relevante. Escolha o noticiário mais sério e utilize apenas para se informar. Quanto menos conteúdos sensacionalistas consumir, melhor.
  2. Mantenha seu ambiente limpo e organizado. Isso lhe dará a sensação de tranquilidade e leveza.
  3. Não fique só de pijama. Está no momento do trabalho? Se vista para trabalhar, mesmo estando na modalidade "home office". Isso vai te situar de qual é aquele o momento de trabalhar. Essa dica também vale para você se sentir com auto estima elevada. 
  4. Música é um importante recurso para alteração da sua consciência. Opte por músicas que te relaxam e te ajudam a estar mais positivo. 
  5. Utilize esse momento para fazer faxina em espaços da casa. 
  6. Sabe tudo aquilo que você diz que "não tem tempo" pra fazer? Estudar, montar um curso, escrever um artigo, brincar com os filhos, colocar aquele curso em dia, organizar aquela papelada do armário: CHEGOU A HORA. 
  7. Medite: O grande trunfo para momentos de isolamento é viver bem consigo mesmo, com a própria companhia... 

Leia mais

Terapia de Grupo para mulheres em Goiânia


RESERVE UM TEMPO PARA CUIDAR DE VOCÊ!

A terapia em grupo é um recurso recomendado para pessoas que querem desenvolver auto conhecimento e relacionamento interpessoal.

PÚBLICO: MULHERES 

8 PESSOAS POR GRUPO / ENCONTROS DE 1:30H} 
INSCRIÇÕES ATÉ 02 DE março. 


Leia mais

A importância dos contratos nos relacionamentos

Quero falar com vocês para sobre um tema que na minha opinião é divisor de águas em um relacionamento: limites!
Você já construiu um "contrato" dentro do seu relacionamento? Isso é fundamental para que exista um bom relacionamento. Limites claros entre o que eu quero, o que eu espero e o que eu posso dar. Tem nesse "contrato" aquilo que o outro quer e espera de mim, e aquilo que ele pode dar. Se está de comum acordo, então ambos podem conviver em harmonia e equilíbrio.
Quando os papéis estão claros, conflitos tem pouca margem para acontecer. Quando acontecem conflitos, este é um ótimo momento para que as pessoas possam rever seus contratos e entender o que ambas esperam daquele relacionamento. Contratos podem mudar à medida em que o tempo passa. As expectativas mudam, as pessoas mudam. O que você queria há um tempo atrás, pode não ser o que você continua querendo hoje.
Quanto mais justos formos com as pessoas com quem convivemos, melhor, mais sincero e mais do bem é esse relacionamento. Concorda comigo?
Para aquela situação onde uma pessoas se sente incansavelmente invadido, pode ser que ela não esteja reavaliando os seus limites, consigo mesma e com a outra pessoa. Chega um ponto em que o afastamento é natural, uma vez que está presente o sentimento de é ou se permite ser violado, e na verdade, na maioria dos casos, a própria pessoa pode tomar uma atitude em relação à situação.
Pode ser que o outro nem esteja tendo notícia do que está afetando o outro, pois ele não verbalizou isso e só se afastou. O outro não sabe o que está acontecendo.
Ai vem o autoconhecimento! Quando nos conhecemos claramente, conseguimos tatear o nosso limite, nossas expectativas e como queremos viver a vida. Está tudo bem se em algum momento decidirmos que algo em nós mudou. E isso exige um esclarecimento com quem convivemos, para que haja uma saída equilibrada, visando um relacionamento sadio e justo.
É importante frisar que é essencial respeitar a outra pessoa como uma parte de nós! Todas as pessoas com quem convivemos tem um significado importante para nós!
Elas mostram um pouco de nós. Há estudos que falam que todos somos resultado das cinco pessoas com quem mais convivemos.
Fica aqui um exercício para você entender e construir limites em um relacionamento:
Faça um contrato consigo primeiro: Se conheça! Conheça os seus limites, expectativas, sentimentos, vontades. ;)
Grande abraço! 
Leia mais

Por que eu não consigo emagrecer?



"Eu já tentei de tudo! Já fui a nutricionista, sai de lá com um cardápio na mão, comecei a seguir o que ela me indicou, mas não consegui manter por muito tempo. No primeiro momento senti um pequeno resultado, mas aquilo não era pra mim. Nada se encaixava na minha rotina. Me matriculei na academia e foi do mesmo jeito! A primeira semana me senti motivada a continuar, comprei roupas novas. Na segunda semana os compromissos se acumularam e eu comecei a frequentar a metade da semana, praticamente. Eu me sinto fracassada, sabe? Eu começo e não termino. Eu durmo e acordo pensando em ter um corpo magro, mas parece que lá no fundo eu sei que isso é impossível. A culpa me consome, o stress me consome, a angústia me consome. No fim, meu consolo é a comida. " (relato fictício)


Muitas pessoas me procuram com a queixa de ansiedade e junto dela, um dos grandes desconfortos é o comer compulsivo como válvula de escape.

No fundo o maior questionamento é: "POR QUE EU NÃO CONSIGO EMAGRECER?"

Você se sente assim ou conhece alguém que tem um relato parecido?

Quando analisamos os sintomas e correlacionamos ao contexto e história de uma pessoa assim é bem provável que comecemos a desembaraçar um novelo de sentimentos e cenas vividas e tudo começa a fazer sentido.

Todos nós somos aquilo que precisamos ser para viver com as nossas dores. Somos moldados por elas, pois é de lá que conseguimos construir nossos recursos e dar novas respostas (quando estamos saudáveis) a situações conhecidas ou não.

Uma das leituras possíveis para situações como desse relato é de que os ganhos com a comida são muito maiores do que a necessidade de ter um corpo magro. 


Quem se encontra numa situação assim vive numa ambivalência: me traz dor e também conforto. 

As respostas desse "por que" vem quando tomamos consciência desse lugar que elegemos para o alimento.  
Leia mais